domingo, 20 de dezembro de 2015

Mr. Holmes

Em 1947, um envelhecido Sherlock Holmes regressa de uma viagem ao Japão, onde, na procura de uma rara planta com poderosas propriedades curativas, testemunhou a devastação da guerra nuclear. Agora, na sua remota quinta à beira-mar, Holmes enfrenta os últimos dias a cuidar das suas abelhas, apenas com a companhia da sua governanta e de Roger, o filho mais novo dela. Enquanto lida com a diminuição das suas capacidades mentais, Holmes confidencia ao rapaz as circunstâncias do caso não resolvido que o obrigou a reformar-se, procurando respostas para os mistérios da vida e do amor, antes que seja tarde demais.



Um filme magnifico que nos trás uma perspectiva completamente diferente daquela a que estamos habituados. A vida do detective mais famoso do mundo depois de ter dado a sua carreira como terminada. O lado mais humano de Sherlock Holmes é finalmente revelado num filme em o maior mistério é a própria vida do detective e como um simples caso o fez repensar toda a sua carreira.
Assistimos a uma historia emocionante, protagonizada por Ian McKellen, que nos mostra as suas melhores qualidades na representação de um personagem lendário. 
É também de elogiar o excelente trabalho de caracterização, visto que vemos Sherlock Holmes em diferentes épocas da sua vida.
Estamos perante o filme de grande qualidade, e possivelmente um dos candidatos aos Oscars.

Bons filmes!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Star Wars: The Force Awakens

Sétimo filme da saga criada por George Lucas, cuja história decorre aproximadamente 30 anos depois de "O Regresso de Jedi" e aborda a luta da Resistência (antiga Aliança Rebelde) contra a Primeira Ordem (antigo Império Galáctico).


Depois de tanto secretismo, meses e meses em que os fãs sofreram com antecipação, bilhetes esgotados (e ainda esgotados no IMAX até Janeiro)... o regresso de STAR WARS! É a loucura! Talvez até fosse... se o George Lucas não pensasse só em dinheiro... e tivesse escrito uma história à séria para este regresso... em vez de ter ficado a desfrutar dos biliões... Quem não faria o mesmo?
Podia ter sido muito pior de qual forma. Houve, na minha opinião, uma grande preocupação por parte do realizador em manter a estética dos episódios anteriores. Isto pode, provavelmente, ter deixado o filme à quem da tecnologia existente hoje em dia. Felizmente o Jonh Williams continua a ser o rei das bandas sonoras, volta em grande com o tema épico de Star Wars!
A história é sem dúvida um mistério, que fica por resolver, agora é esperar pelo episódio IX...

Bons filmes!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

The Hunger Game: A Revolta Parte 2

Com a nação de Panem numa guerra em grande escala , Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) confronta o Presidente Snow (Donald Sutherland) para o duelo final. Ela vai agora unir-se a um grupo de amigos mais próximos - incluindo Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin) e Peeta (Josh Hutcherson) – para uma missão com a unidade do Distrito 13 uma vez que eles estão dispostos a arriscar tudo para libertar os cidadãos de Panem e encenar uma tentativa de assassinato contra o Presidente Snow, que se tornou cada vez mais obcecado com a destruição do distrito.


Finalmente chegamos ao último capítulo da saga The Hunger Games. E sim, finalmente porque nestes últimos dois filmes andamos a 'engonhar'.
Este foi um filme cheio de ação, mas que para contrariar nos deixou em espera durante longos períodos de cenas forçadas e de pouco interesse para o avançar da história. No fundo, o tipo de cenas que transformou um único livro em dois filmes (só porque agora está na moda acabar as sagas com 'Parte 1' e 'Parte 2').
Foi um filme cheio de emoções, mas entristeceu mais uma vez o comportamento dos espectadores deste país. Não querendo dar qualquer tipo de 'spoiler', existe uma cena do filme que tem um gato e por algum motivo desconhecido houve um monte de risinhos na sala de cinema sempre que o gato aparecia. Lógica? Nenhuma, é triste ver que se estraga qualquer tipo de emoção que uma cena tem a transmitir porque há um grupo de miúdas (não querendo diferenciar ou insultar) que acha que o gato é fofinho e desata aos risinhos... Estragaram uma das minhas cenas favoritas da história, obrigada.
Tirando isso, acho que o filme, além de tudo o que é negativo, teve o poder de criar maior suspense em algumas cenas mostrando o poder incrível do cinema e da montagem de um filme

Bons filmes!

domingo, 18 de outubro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo3 (Resultado)

3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o terceiro ano do blog, a poesia. Porque vivemos no país dos poetas e todas as nossas vida à um pouco desse drama. Para celebrar, no último passatempo de aniversário, temos:
1 livro de um poeta para poetas...

ALFARROBA EDIÇÕES
Labirinto de nós
de Alberto Silva

e o vencedor(a) é...
Sílvia Caseiro

Parabéns!

Este sorteio teve o apoio da Alfarroba Edições.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo3

3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o terceiro ano do blog, a poesia. Porque vivemos no país dos poetas e todas as nossas vida à um pouco desse drama. Para celebrar, no último passatempo de aniversário, temos:
1 livro de um poeta para poetas...

ALFARROBA EDIÇÕES
Labirinto de nós
de Alberto Silva

Sinopse:
“Labirinto de nós” conta uma história de amor carnal, amor próximo e amor físico através dos versos.


Instruções:
1 - Cada segunda-feira às 00:00h (noite de domingo para segunda) é lançado um passatempo.
2 - Têm 3 dias para participar em cada passatempo, ou seja, até à quarta-feira seguinte às 23:59h, os vencedores são anunciados no fim-de-semana seguinte e contactados por e-mail/sms**.
3 - Para participar basta preencher o formulário que se encontra no post do passatempo*.

Para informações mais completas sobre a iniciativa 3 anos 3 livros visitem o post de aniversário: http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/09/3-aniversario-do-tales-without-name.html




Boa sorte a todos! E parabéns para o blog! E claro para todos vós que têm feito dele aquilo que é, porque sem leitores um blog não é nada :)

*o vencedor do passatempo será sorteado através do Random.org
**caso o vencedor não responda ao e-mail/sms nas 24 horas após o anúncio do resultado do sorteio será escolhido um vencedor suplente
(livro sujeito a alteração por parte da editora)

domingo, 11 de outubro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo2 (Resultado)


3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o segundo ano destes três anos, uma coisa que adoro: ter livros bonitos (exteriormente) e interessantes (interiormente) na prateleira, e por isso:
1 livro que chama a atenção...

EDITORIAL BIZÂNCIO
Os Anjos Morrem das Nossas Feridas
de Yasmina Khadra

e o vencedor(a) é...
Teresa Caravalho

Parabéns!

Este sorteio teve o apoio da Editorial Bizâncio.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo2

3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o segundo ano destes três anos, uma coisa que adoro: ter livros bonitos (exteriormente) e interessantes (interiormente) na prateleira, e por isso:
1 livro que chama a atenção...

EDITORIAL BIZÂNCIO
Os Anjos Morrem das Nossas Feridas
de Yasmina Khadra

Sinopse:
Dizia chamar-se Turambo, o nome da sua miserável terra na Argélia, onde nascera nos anos de 1920. Tinha uma candura desarmante e um gancho esquerdo imbatível. Frequentou o mundo dos ocidentais, conheceu a glória, o dinheiro, o frenesim dos ringues de boxe, e todavia nenhum troféu movia mais a sua alma do que o olhar de uma mulher. De Nora a Louise, de Aïda a Irène, procurava um sentido para a sua vida. Mas num mundo onde a cupidez e o êxito reinam como senhores absolutos, o amor corre por vezes grandes riscos. 

Através de uma extraordinária evocação da Argélia de entre guerras, Yasmina Khadra apresenta, mais do que uma educação sentimental, o percurso obstinado de ascensão e queda de um jovem prodígio, adorado pelas multidões, fiel aos seus princípios, e que apenas queria ser senhor do seu destino.


Instruções:
1 - Cada segunda-feira às 00:00h (noite de domingo para segunda) é lançado um passatempo.
2 - Têm 3 dias para participar em cada passatempo, ou seja, até à quarta-feira seguinte às 23:59h, os vencedores são anunciados no fim-de-semana seguinte e contactados por e-mail/sms**.
3 - Para participar basta preencher o formulário que se encontra no post do passatempo*.

Para informações mais completas sobre a iniciativa 3 anos 3 livros visitem o post de aniversário: http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/09/3-aniversario-do-tales-without-name.html




Boa sorte a todos! E parabéns para o blog! E claro para todos vós que têm feito dele aquilo que é, porque sem leitores um blog não é nada :)

*o vencedor do passatempo será sorteado através do Random.org
**caso o vencedor não responda ao e-mail/sms nas 24 horas após o anúncio do resultado do sorteio será escolhido um vencedor suplente

domingo, 4 de outubro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo1 (Resultado)

3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o primeiro ano, o género que me fez apaixonar pela leitura e por isso, o primeiro livro é:
1 livro para os amantes de fantasia...

CHIADO EDITORA
Yggdrasil: Profecia do Sangue
de M. Barreto Condado

e o vencedor(a) é...
Alexandra Guimarães

Parabéns!

Este sorteio teve o apoio da Chiado Editora.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

3 anos 3 livros #Passatempo1

3º aniversário do Tales Without Name
Para celebrar o primeiro ano, o género que me fez apaixonar pela leitura e por isso, o primeiro livro é:
1 livro para os amantes de fantasia...

CHIADO EDITORA
Yggdrasil: Profecia do Sangue
de M. Barreto Condado

Sinopse:
E se a vida como a conheces pudesse ser muito mais?
Desde o início do tempo dos clãs, que os MacCumhaill se mantinham unidos. Família de poderosas mulheres e orgulhosos guerreiros. Tinha-lhes sido exigido um único sacrifício em troca da sua imortalidade, manter o equilíbrio entre os três mundos. E esse equilíbrio tinha sido quebrado. As portas estavam abertas facilitando a passagem de todos os seres sobrenaturais.
Seria Maria, uma jovem estudante portuguesa acabada de chegar a Dublin, a ajuda poderosa pela qual aguardavam há tanto tempo? Conseguiria ela aceitar tudo o que lhe era pedido? Acreditar neles e lutar ao seu lado? Dividida entre o seu dever e o amor que sente pelo herdeiro do clã irá descobrir que deve seguir o seu coração, mas esse também já não é seu. Tinha-o entregue àquele homem ainda antes de lho dizer.
Este era o início de uma nova Era… da Profecia do Sangue.


Instruções:
1 - Cada segunda-feira às 00:00h (noite de domingo para segunda) é lançado um passatempo.
2 - Têm 3 dias para participar em casa passatempo, ou seja, até à quarta-feira seguinte às 23:59h, os vencedores são anunciados no fim-de-semana seguinte e contactados por e-mail/sms**.
3 - Para participar basta preencher o formulário que se encontra no post do passatempo*.

Para informações mais completas sobre a iniciativa 3 anos 3 livros visitem o post de aniversário: http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/09/3-aniversario-do-tales-without-name.html





Boa sorte a todos! E parabéns para o blog! E claro para todos vós que têm feito dele aquilo que é, porque sem leitores um blog não é nada :)

*o vencedor do passatempo será sorteado através do Random.org
**caso o vencedor não responda ao e-mail/sms nas 24 horas após o anúncio do resultado do sorteio será escolhido um vencedor suplente

domingo, 27 de setembro de 2015

3º Aniversário do Tales Without Name

3 anos
3 semanas
3 passatempos
3 dias para participar


O 3 não é um numero qualquer, e fazem hoje, dia 27 de Outubro de 2015 três anos que foi fundado o Tales Without Name. E para celebrar em grande vamos ter, durante três semanas, três livros para oferecer, um para cada semana, e vocês só têm 3 dias para participar.

Instruções:
1 - Cada segunda-feira às 00:00h (noite de domingo para segunda) é lançado um passatempo.
2 - Têm 3 dias para participar em casa passatempo, ou seja, até à quarta-feira seguinte às 23:59h, os vencedores são anunciados no fim-de-semana seguinte e contactados por e-mail/sms**.
3 - Para participar basta preencher o formulário que se encontra no post do passatempo*.


Datas:
Semana 1 - 27/09/15 até 30/09/15
link do passatempo: http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/09/3-anos-3-livros-passatempo127.html
Semana 2 - 04/10/15 até 07/09/15
link do passatempo: http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/10/3-anos-3-livros-passatempo2.html
Semana 3 - 11/10/15 até 14/09/15
link do passatempo:http://taleswithoutname.blogspot.pt/2015/10/3-anos-3-livros-passatempo3.html


Boa sorte a todos! E parabéns para o blog! E claro para todos vós que têm feito dele aquilo que é, porque sem leitores um blog não é nada :)

*o vencedor do passatempo será sorteado através do Random.org
**caso o vencedor não responda ao e-mail/sms nas 24 horas após o anúncio do resultado do sorteio será escolhido um vencedor suplente
***este passatempo é apenas válido para envio para Portugal continental e ilha; o blogue não se responsabiliza, tal como a editora, por problemas dos CTTs

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Maze Runner: The Scorch Trials

Depois de terem superado perigos mortais no episódio anterior, Thomas e os seus companheiros Clareirences rapidamente percebem que a salvação aparente pode na verdade ser outra armadilha. Fazem uma longa e penosa travessia pela Terra Queimada, percorrendo uma desolada paisagem cheia de obstáculos inimagináveis, procurando desvendar pistas sobre a misteriosa e poderosa organização conhecida como cruel e enfrentando forças superiores.



Wow! Que filme! Nem sei por onde hei-de começar, mas de uma coisa tenho a certeza, valeu a pena a ida ao cinema!
Admito que não estava à espera de um filme assim, foi muito intenso!
Acho que ainda estou um pouco atordoada e tambem enojada... Estava muito bem feito a esse nível, houveram  algumas cenas em que estive encostadinha à cadeira para quando me assustasse ninguém reparar que saltei ridiculamente... 
A questão é: têm mesmo a certeza que isto é baseado no livro? Bem, baseado não significa igual... e neste caso nem sequer está lá perto, mas vendo bem teve muito mais ação!
Sem dúvida que valeu a pena! Os efeitos especiais estavam bastante bons, maquilhagem, os cenários... 
Aconselho! Estreia nos cinemas portugueses já esta quinta-feira!

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Time-Turner Project

Aqui está um projecto bastante interessante para quem gosta de ler, e principalmente para os fãs da saga Harry Potter e para aqueles que querem descobrir um pouco mais sobre ela! 
Este é um recente projecto português criado por dois jovens que, no género de uma competição, vão oferecer brindes relacionados com a saga! 
Será que é desta que volto a ler Harry Potter? Seria pelo menos a quinta vez!


Vais participar?

Durante estes meses serão lançadas várias provas e desafios para ires realizando, às quais serão atribuídos ou retirados pontos, consoante a tua prestação, tal como em Hogwarts. Ler os livros e os filmes vai ser muito importante para saberes as respostas! Os jogos e desafios terão prazos de conclusão, portanto está sempre atento. 
Todos os jogadores estão neste momento a zeros, no fim o que obtiver o maior número de pontos é o grande vencedor.
A tabela de pontos será divulgada sempre a dia 30 de cada mês.
O brinde não será revelado até perto do final da data.

Poderás inscrever-te no Time-Turner Project até ao dia 25 deste mês às 23h59. Agora lê, com muita atenção, todas as regras de participação, antes de continuares.

Regras/Informações para o Jogo:
1. Partilhar o projeto no seu site/blog, caso tenha, e em pelo menos uma das suas redes sociais (poderá ser a do site/blog) com a hastag #TimeTurnerProject em modo público até ao dia 30 de Setembro.
1.1. No caso dos bloguers anónimos que não tenham redes sociais basta enviar um email para iamreallyundecided@gmail.com a comunicar a situação, até 29 de Setembro, mas terão de partilhar nos seus blogs o projeto.
2. Seguir ambos os blogs (Really Undecided e Reckless Mind) em modo público.
3. Seguir todas as redes sociais existentes (Facebook, Twitter, YouTube) de ambos os blogs (Really Undecided e Reckless Mind), poderá seguir com a conta do site/blog.
4. Não é obrigatório participar em todos os desafios, jogos, publicações, entre outros mas quantas mais vezes participar mais hipóteses tem de ganhar pontos.
5. Caso os itens 1, 1.1, 2 e 3 não sejam cumpridos não irá ser considerado vencedor.
6. O vencedor será quem no final tiver o maior número de pontos.
7. O vencedor receberá um brinde relacionado ao mundo mágico de Harry Potter.
8. O vencedor poderá ser a nível mundial, exceto algum problema de entrega nos correios.
9. Após o anúncio do vencedor em ambos os blogs (Really Undecided e Reckless Mind) este terá 48 horas para responder ao email enviado com a sua morada para podermos proceder ao envio do brinde. Caso não responda o vencedor será excluído e o brinde passa automaticamente para o segundo lugar.
10. Nenhum dos blogs (Really Undecided e Reckless Mind) se responsabiliza pelo extravio do brinde.

Qualquer dúvida, pergunta nos comentários ou através do email. Ao aceitar jogar e caso estejam todas as regras cumpridas estarás habilitado a ganhar.

Post original (para inscrição): http://somerecklessmind.blogspot.pt/2015/09/uma-nova-ideia-esta-chegar-ao-mundo.html

terça-feira, 8 de setembro de 2015

A Marca de Atena


Autor: Rick Riordan
Editora: Planeta
Páginas: 405
Coleção: Livros Fantásticos
Saga: Os Heróis do Olimpo - Livro III

Classificação: 8/10


Sinopse: 
Annabeth está aterrorizada; quando pensava juntar-se de novo a Percy após seis meses de separação, graças a Hera, eis que o Campo Júpiter se prepara para a guerra. Enquanto voa com os amigos Jasão, Piper e Leo no Argo II, a jovem não culpa os semideuses romanos por pensarem que o navio é uma arma grega.

Uma guerra iminente. Uma deusa vingativa. Só um semideus o conseguirá impedir: PERCY JACKSON


Crítica:

Bem, pelos vistos vou ter de começar assim. Aqui vai um aviso para quem não gosta de ler 'traduções': NÃO LEIAM ESTE LIVRO, é uma prova da falta de profissionalidade de certos tradutores e editoras. Eu entendo que há sempre um erro ou outro que escapa numa revisão, mas deixar espaços assim: "____________"... Acho que vou ficar por aqui quanto a isto, mas deixo como é óbvio uma notinha à editora.
Agora falando do livro em si, Rick Riordan apostou em alta n'Os Heróis do Olimpo. A saga está fantástica, e torna-se mais interessante a cada livro (apesar de o anterior, O Filho de Neptuno, não ter sido uma das melhores obras do autor). 
A Marca de Atena junta finalmente os sete heróis que têm a difícil missão de salvar o mundo, e este é um grupo de facto bastante peculiar. A inicio nota-se uma tensão enorme entre alguns dos personagens e isso cria em nós expectativa e somos quase que obrigados a escolher um lado, e normalmente o narrador leva-nos para o seu lado, entretanto, num ambiente pós fim do mundo, os personagens acabam por provar a sua lealdade aos amigos (apesar da tensão, que de certeza se vai manter para sempre).
Este é mais um livro que, para além de divertido e cheio de ação, é bastante educativo. A saga Percy Jackson contou-nos as lendas da mitologia grega e ensinou-nos bastante sobre a mesma, e agora Os Heróis do Olimpo dão-nos a conhecer a mitologia romana e o que a diferencia da anterior. Simplesmente fantástico.
E como sempre, um final aterrorizante!

Agora é só esperar pelo próximo livro: A Casa de Hades. Até tremo só de pensar no que ai vem...
Boas leituras!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

International Blog Day 2015

31/08

Hoje é o Dia Internacional do Blog. E quanto a isso existem algumas perguntas que devem ser respondidas:

- Porquê hoje?
Bem, alguma alma inteligente reparou que 3108 se assemelha à palavra Blog (bem visto!)

- Para que serve este dia?
Não é óbvio? Para mostrar a amizade entre bloggers, blogs e leitores!
E para fazê-lo, neste dia, bloggers por todo o mundo divulga os seus TOPs de blogs. Os que seguem mais frequentemente, os mais bonitos, engraçados... etc.

Por isso, hoje deixo aos bloggers portugueses um desafio! Eu vou divulgar a minha lista (segundo alguns critérios) e desafio os participantes dessa lista a fazerem o mesmo (colocando no post quem os desafiou) :)

Os que sigo desde sempre...


Os que mais gosto de ler (têm bom gosto!)...


Os mais bonitos (e até fofitos)...


Os loucos por passatempos...


Os que descobri hoje...


O que decidiu lançar este desafio...



Espero que os meus colegas bloggers adiram, isto é uma forma de nos irmos conhecendo uns aos outros, e encontrar-mos alguns blog que possam não ter muito reconhecimento e de dar aos leitores alternativas de que gostem, com livros de géneros literários diferentes ou para idades diferentes...
 
Feliz Dia do Blog a todos!
Qualquer coisa, contactem-me! :)

domingo, 30 de agosto de 2015

Quatro - Histórias da Saga Divergente

Uma Escolha
Liberta-o do passado
Uma Escolha
Decide o seu futuro
Uma Escolha
Expõe os perigos
Uma Escolha
Muda-o para sempre

UMA ESCOLHA VAI LIBERTÁ-LO

Autor:
 Veronica Roth

Editora: Porto Editora
Páginas: 208

Classificação: 7/10

Sinopse: 
Dois anos antes de Beatrice Prior ter feito a sua escolha, o filho de 16 anos do líder dos Abnegados fez o mesmo. A transferência de Tobias para os Intrépidos é a última oportunidade para um recomeço. Na nova Facção não será conhecido pelo nome que os pais lhe deram, pois não permitirá que o medo o transforme numa criatura indefesa.
Agora conhecido como "Quatro", Tobias depressa descobre que os Intrépidos foram a opção certa. No entanto, a Iniciação é apenas o começo, pois Quatro terá de conquistar um lugar na hierarquia da sua nova fação. As suas decisões afectarão futuros Iniciados, além de deixarem a descoberto segredos que poderão ameaçar o seu próprio futuro - e o futuro de todo o sistema de fações.
Dois anos depois, Quatro quer intervir mas hesita no caminho a seguir. A primeira pessoa a saltar para a rede pode mudar tudo. Com ela, a solução para mudar o mundo pode tornar-se mais clara. Com ela, ser simplesmente Tobias pode tornar-se uma possibilidade.


Crítica: 

Depois de ler toda a trilogia, voltar ao primeiro livro mas agora no ponto de vista do misterioso Quatro é quase como ter uma nova história.
Sinceramente, o primeiro livro de Divergente foi, na minha opinião, o melhor dos três. E agora, do ponto de vista de Tobias tornou-se ainda melhor, foi uma visão diferente de alguns episódios que já tinha 'vivido' do ponto de vista de Tris.
A história de Tobias consegue ser muito mais profunda do que a de Tris e conseguimos ver que todo o mistério que o rodeia é apenas uma forma de esconder aquilo que o atormenta. 
Sem dúvida que este é um livro bastante interessante para complementar a trilogia e conseguir respostas a alguns pontos que tinham ficado escondidos.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Paper Towns

Quentin é um estudante universitário apaixonado pela sua enigmática vizinha Margo desde a infância. Depois de o levar consigo numa aventura de uma noite pela sua cidade natal, Margo desaparece subitamente - deixando para trás um mistério de enigmáticas pistas para Quentin decifrar. A busca leva Quentin e os seus perspicazes amigos numa emocionante viagem, que terá tanto de hilariante como de comovente. Por fim, para encontrar Margo, Quentin terá que descobrir em si uma compreensão mais profunda da verdadeira amizade - e do verdadeiro amor...


John Green volta ao cinema depois do sucesso The Fault in Our Stars, com Cidades de Papel. 
Um filme que me surpreendeu bastante pela positiva! Uma história que nos toca não pela 'pena' por um amor impossível devido à morte, mas porque todos nós já passamos por aquele momento na nossa vida em que nos vemos no último ano do secundário e sabemos que a qualquer momento tudo vai mudar. Essa parte tocou-me especialmente.
Temos aqui um rapaz que depois de anos e anos rodeado pelo mesmos amigos, nas últimas semanas de aulas acaba por viver os melhores momentos da sua vida, e muitos deles acompanhado por alguém que sempre viveu ao extremo, e é essa diferença que torna este filme diferente.
John Green volta a presentear-nos com um final inesperado e que se opõe aos finais felizes deste tipo de romances para jovens. 
Um filme bastante interessante, não posso neste caso compara-lo ao livro, mas por si é bastante bom! E atenção, este não é um filme de raparigas!

domingo, 23 de agosto de 2015

Dragões de um Crepúsculo de Outono

Autores: Margaret Weis & Tracy Hickman
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 448
Coleção: Bang!
Saga: As Crónicas de Dragonlance - Volume I (livros 1 e 2)

Classificação: 8/10

Uma história de grande imaginação, inovadora e de leitura compulsiva vinda dos autores de fantasia mais populares desde J. R. R. Tolkien.

Sinopse: 
Prepare-se para conhecer o clássico da fantasia Dragonlance que influenciou gerações de leitores com um novo mundo cheio de paixão e aventura.
Anos após terem optado por seguir caminhos diferentes, um grupo de companheiros reencontra-se na sua terra natal apenas para descobrir que o mundo de Krynn mudou. Rumores de guerra e sombras dominam as conversas de estalagem e monstros e criaturas míticas que só existiam em lendas voltaram a ser avistados. E nenhum companheiro se atreve a confidenciar os segredos que oculta no coração e que descobriu em viagens cheias de perigo. 
Até ao dia em que um encontro ocasional com uma bela mulher, que detém em seu poder um bastão de cristal, arrasta os companheiros para o caos e muda as suas vidas para sempre. Ninguém esperava que se revelassem heróis. Muito menos eles. Mas conseguirão arranjar a força, honra e coragem para enfrentar os Deuses da Luz e Trevas no momento em que a Guerra da Lança está prestes a começar?



Crítica:

Pode não ser uma novidade ou um best-seller, mas este foi provavelmente o melhor livro que já li este verão. Confesso que não estava com expectativas muito altas, e quando comecei a ler interpretei os apelos da capa ("Uma saga tão fabulosa como O Senhor dos Anéis") como uma mera comparação, e no inicio quase me pareceu uma cópia até começar a compreender as personagens e as suas raças para lá da aparência. Lá porque uma personagem tem metade da estatura de um homem normal não quer dizer que seja um hobbit que aprecia uma vida tranquila e três pequenos-almoços diários... neste caso revela-se um ser de personalidade práticamente oposta!
São sem dúvida personagens que nos prendem com os seus dilemas e que nos causam ao mesmo tempo confiança e desconfiança, todas elas bastante complexas. 
O que aparenta ser apenas mais uma saga fantástica é na verdade um mundo cuidadosamente criado onde as criatura mais horrendas das 'histórias de crianças' voltam ao mundo numa batalha que está prestes a começar. 
Este é um daqueles livros que não nos sai do pensamento mesmo quando não estamos a ler, ficamos ligados às personagens e sonhamos com o que elas vão fazer a seguir, sofremos com elas e canta-mos as suas canções nos momentos de vitória. Espectacular!
As descrições belíssimas e a ação deixaram-me rendida a história que estou ansiosa por continuar a ler. Mais uma das publicações da Saída de Emergência na coleção Bang!, onde também estão incluídos os livros d'As Crónicas de Gelo e Fogo entre muitos outros êxitos e clássicos fantásticos. Estou cada vez mais rendida a esta coleção!
Este é o primeiro volume d'As Crónicas de Dragonlance, que incluí os dois primeiros livros da colecção que já conta com vinte e dois. Segue-se Dragões de uma Noite de Inverno

Boas leituras!

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

A Fúria dos Reis

As Crónicas de Gelo e Fogo - Livro III

Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Coleção: Bang!
Saga: As Crónicas de Gelo e Fogo - Livro III
Páginas: 400

Classificação: 8/10

Sinopse:
Quando um cometa vermelho surge nos céus de Westeros encontra os Sete Reinos em plena guerra civil. Os combates estendem-se pelas terras fluviais e os grandes exércitos dos Stark e dos Lannister preparam-se para o derradeiro embate. No seu domínio insular, Stannis, irmão do falecido Rei Robert, luta por construir um exército que suporte a sua reivindicação ao trono e alia-se a uma misteriosa religião vinda do oriente. Mas não é o único, pois o seu irmão mais novo também se proclama rei, suportado por uma hoste que reúne quase todas as forças do sul. Para pior as coisas, nas Ilhas de Ferro, os Greyjoy planeiam a vingança contra aqueles que os humilharam dez anos atrás.O Trono de Ferro é ocupado pelo caprichoso filho de Robert, Joffrey, mas quem de facto governa é a sua cruel e maquiavélica mãe. Com a afluência de refugiados e um fornecimento insuficiente de mantimentos, a cidade transformou-se num lugar perigoso, e a Corte aguarda com medo o momento em que os dois irmãos do falecido rei avancem contra ela. Mas quando finalmente o fazem, não é contra a cidade que investem...O que os Sete Reinos não sabem é que nada disto se compara ao derradeiro perigo que se avizinha: no distante Leste, os dragões crescem em poder, e não faltará muito para que cheguem com fogo e morte!


Crítica:

As batalhas continuam no mundo de A Guerra dos Tronos em A Fúria dos Reis, a primeira parte A Chash Of Kings (que continuará em O Despertar da Magia). 
Começamos agora a aperceber-mo-nos da complexidade da guerra que assola Westeros e que quem realmente retém o poder não são os réis. 
A inteligência de Martin é mais uma vez de louvar, As Crónicas que Gelo e Fogo serão de certeza consideradas uma das maiores obras de fantasia de todos os tempos, mas para isso é preciso que o autor mantenham a sua destreza e imaginação. 
Admito que li este livro após alguns anos depois dos dois primeiros (na versão portuguesa: A Guerra dos Tronos e A Muralha de Gelo) e também depois de assistir a cinco temporadas da série da HBO. 
Na verdade foi a ansiedade que de momento se vive na série que fez regressar aos livros, e até agora estou bastante satisfeita. Apesar da série estar extremamente bem construída em diversos aspectos nunca alcançou a grande complexidade escondida nos livros, e agora, depois de saber o destino de alguns dos personagens, encontro alguns pormenores que talvez não tenha visto na série ou que não veria caso estivesse a presenciar os acontecimentos pela primeira vez. E de facto acontecem bastantes coisas nos livros que a série oculta ou põe de parte. 
Estou de novo deslumbrada com este mundo de fantasia, e aconselho qualquer um a ler, tendo ou não visto a série. Esta é, de certo, uma saga a não perder, do inicio ao fim!

terça-feira, 21 de julho de 2015

O Filho de Neptuno

O Regresso de Percy Jackson

Autor: Rick Riordan
Editora: Planeta
Páginas: 376
Coleção: Livros Fantásticos
Saga: Os Heróis do Olimpo - Livro II

Classificação: 6/10


Sinopse: 
Percy está confuso. Ao acordar de um longo sono o rapaz pouco mais sabe que o seu nome, mas consegue chegar a um campo de mestiços que, no entanto, nada lhe diz. A única coisa que recorda do passado é outro nome: Annabeth. Hazel devia estar morta. Na sua vida anterior a jovem não se saiu bem e agora, por causa de um erro cometido então, o futuro do mundo está em risco. Oxalá pudesse fugir no garanhão que lhe aparece em sonhos.Frank é um trapalhão. A avó diz-lhe que é descendente de heróis, mas ele não acredita. O físico volumoso fá-lo sentir-se um touro, em especial na presença de Hazel, a melhor amiga. O rapaz confia em pleno nela, ao ponto de lhe confiar o segredo que guarda no coração.Começando no «outro» campo de mestiços e acabando na terra para lá dos deuses, este segundo volume de cortar a respiração dos Heróis do Olimpo apresenta novos deuses, ressuscita monstros terríveis e caracteriza outras criaturas notáveis, destinadas a representar um papel na Profecia dos Sete.



Crítica:

Mais um espectacular livro de Rick Riordan. O filho do Deus do mar está de volta e com ele trás novas aventuras e novos mundos. Sinceramente, acho que levei com uma enxurrada de novos conhecimentos sobre mitologia romana, já que no primeiro livro d'Os Heróis do Olimpo esta é grega, assim como nos 5 livros da saga Percy Jackson (que se antecede, e à qual aconselho fortemente a leitura). Tendo em conta que já tinha conhecimentos históricos base sobre Roma, mais na parte histórico-artística, admito que é possível que alguém sem uma base de conhecimento se possa perder por completo e por isso agradeço por estar incluído, no final do livro, um pequeno glossário. Sinceramente, este segundo livro deixou-me algo a desejar, depois de uma primeira parte arrebatadora, achei a continuação um tanto fraca. Talvez me tenha apegado demasiado aos novos personagens do primeiro livro. Mas, como era de esperar, Riordan deixa-nos um fantástico final que causará grandes dúvidas.

O próximo livro já me espera, e só tenho pena de o 4º ainda não ter sido publicado em Portugal... Trago-vos , em breve, A Marca de Atena!
Até lá, boas leituras!

domingo, 28 de junho de 2015

O Herói Desaparecido

Autor: Rick Riordan
Editora: Planeta
Páginas: 392
Coleção: Livros Fantásticos
Saga: Os Heróis do Olimpo - Livro I

Classificação: 9/10


Sinopse: 
Jason tem um problema. Não se lembra de nada antes de acordar num autocarro escolar de mãos dadas com uma miúda. Aparentemente, é a namorada Piper, e o seu melhor amigo é um rapaz chamado Leo, e os três são alunos da Escola Wilderness, um internato para «crianças más». O que terá feito para acabar ali, Jason não tem a mais pequena ideia, excepto que tudo parece muito errado.

Piper tem um segredo. O pai está desaparecido há três dias, e os pesadelos vívidos revelam que corre um perigo terrível. Agora o namorado não a reconhece, e quando uma estranha tempestade e estranhas criaturas atacam durante uma viagem da escola, ela, Jason e Leo são levados para um lugar chamado Campo dos Mestiços. O que está a acontecer?

Leo tem jeito com ferramentas. A nova cabana no Campo dos Mestiços está cheia delas. Este lugar é selvagem, com treinos com armas, monstros e raparigas bonitas. O que o incomoda é a maldição de que todos falam quando desaparece um jovem. O mais estranho é que os companheiros insistem que são todos, incluindo Leo relacionados com um deus.



Crítica:

Obrigada aos deuses pelo Rick Riordan ser uma pessoa fantástica e ter escrito Os Heróis do Olimpo, que é só a melhor coisa de sempre depois de Percy Jackson!!!
É impossível ler Percy Jackson e não gostar e não chorar por mais, mas neste caso o 'chorar por mais' resultou, e não o autor publicou uma nova saga, como a Editorial Planeta respondeu às preces dos portugueses e a traduzi-o. 
Mas pronto, por falar em traduções, a da Presença em Percy Jackson deixa muito a desejar, mas a da Planeta não melhora em nada (se calhar até piora) mas pelo menos as capas estão a seguir todas o mesmo design e já não são extremamente deploráveis nesse sentido. Para além de que estão a traduzir tudo muito rápido!
Este livro foi fantástico, uma continuação muito bem pensada que nos leva de regresso ao fantástico mundo encoberto pela Névoa, a que nós, mortais, somos alheios.
Rick Riordan demonstra mais uma vez que não é um simples escritor, e que o seu gosto pela História e pelo que escreve o torna num professor de mitologia fantástico! 
Mais um livro cheio de sentido de humor e aventuras, com os heróis que já conhecíamos e novas caras que prometem apaixonar qualquer amante deste tipo de literatura.

A ansiedade por ler o segundo livro é imensa! Trago-vos O Filho de Neptuno, em breve.
Até lá, boas leituras!

terça-feira, 23 de junho de 2015

Eragon

Autor: Christopher Paolini
Editora: ASA
Páginas: 584
Coleção: 1001 Mundos
Saga: Saga da Herança

Classificação: 10/10

Sinopse: 
Com 15 anos, Eragon acredita ser apenas um pobre camponês, até que o seu destino como Cavaleiro do Dragão, lhe ser revelado. Tendo apenas como herança uma espada, um dragão leal e um sábio conselho de um velho contador de histórias, Eragon cedo se irá ver enredado numa teia de magia, glória e poder. Agora as suas escolhas podem ditar o fim, ou o fortalecimento, do Império.


Crítica:

Um livro simplesmente maravilhoso. 
Já andava há muito tempo para ler esta saga, sob concelho de amigos principalmente, apesar de já ter visto o filme (ao qual as críticas não favorecem minimamente), este tinha-me deixado bastante curiosa para continuar a desvendar as aventuras do jovem Eragon, mas não podia fazê-lo a começar pelo meio da saga, porque o filme já o vi a muito tempo, e depois vi que muitas coisas me escapariam se o fizesse.
Esta é uma história que nos capta desde o inicio e nos leva a voar pelo mundo cheio de aventura e mistério criado por Paolini. Um livro que não tem nada de superficial e em que cada batalha é travada física e psicologicamente.
Sinceramente, ao longo que lia Eragon, achei que o autor podia ter tido como inspiração o mundo criado por Tolkien, exposto em O Senhor dos Anéis, mas a história acaba por se tornar tão diferente e com objectivos tão distintos por parte do personagem principal que essa ideia acaba por ser totalmente posta de parte. Os mapas e línguas ancestrais, são suportados por um glossário no final do livro (para o qual chamo a atenção aos futuros leitores, pois é muito útil por vezes).
O universo fantástico deste tipo de livros é, infelizmente, julgado como sendo leitura para crianças o que é extremamente falso. Nenhuma criança seria capaz de ler e entender Eragon, a tradução, obviamente com alguns erros como é costume, encontra-se numa linguagem bastante complexa e também a história obriga a isso.
A complexidade e magia contidas neste livro deixaram-me ansiosa por começar o próximo! 
Até lá, boas leituras!

domingo, 21 de junho de 2015

Verão 2015

Hoje é o primeiro dia de verão e as leituras já começaram. A partir desta semana vão começar as críticas! 
Para este verão já tenho alguns livros planeados, e entre eles há um pouco de tudo!

De volta aos mundos fantásticos e a livros que se têm perdido entre bestsellers
O primeiro livro da Saga da Herança, Eragon, do jovem escritor norte-americano Christopher Paolini.


Como desde o verão passado que ando com saudades de semideuses, volto ao mundo de Percy Jackson, com o primeiro volume de Os Heróis do Olimpo, em O Herói Desaparecido de Rick Riordon. Este é um livro que já anda há algum tempo na prateleira e juntamente com ele este verão: O Filho de Neptuno e A Marca de Atena, este último lançado pela Planeta no mês passado, e por isso ainda fresquinho.






Já estava quase fora de planos, mas depois do Grand Finale da última temporada de Game of Thrones, os livros chamam-me, e lá para o meio do verão as leituras vão ser A Fúria dos Reis e O Despertar da Magia de George R. R. Martin.



Boas leituras! E bons mergulhos :)

domingo, 24 de maio de 2015

Resultado: Diário de uma Gorda #Passatempo

Terminou o passatempo! Agora é tempo de ver quem foi o sortudo ou sortuda que ganhou um exemplar do livro "Diário de uma Gorda"!
A vencedora foi a Mariana Leal! Parabéns!
Esperamos que desfrute da sua nova leitura.

O vencedor será contactado via e-mail. 
Caso não responda ao e-mail num prazo de 3 dias a partir de hoje será sorteado um novo vencedor.

Este passatempo teve o apoio da Chiado Editora.

Boas leituras e uma boa semana!

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Diário de uma GORDA #Passatempo

Para celebrar a primavera, e com o verão já à porta, o Tales Without Name vai sortear um exemplar do livro Diário de uma Gorda. 

Este passatempo tem o apoio da Chiado Editora. Clique aqui para mais informações sobre o livro.
Este passatempo termina dia 23 de Maio às 23:59h e o vencedor será anúnciado no dia 24 de Maio. 

Condições de participação:

  • Seguir o Tales Without Name (via Facebook, Twitter, Blogger ou Google+)
  • Partilhar o passatempo nas redes sociais ou identificar alguém num comentário no post do Facebook sobre o mesmo
  • Viver em Portugal
  • Preencher o seguinte formulário com as informações nele pedidas



Para qualquer informação adicional sobre o passatempo ou questão contacte o blog via e-mail: TalesWithoutName@gmail.com

Link do post do facebook onde comentar:
https://www.facebook.com/TalesWithoutName/photos/a.226876320794009.1073741825.122196607928648/472652889549683/?type=1&theater

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Vingadores II

A Era de Ultron

Algo corre mal com o programa de manutenção de paz iniciado por Tony Stark. Os super-heróis mais poderosos do planeta Terra, incluindo o Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Incrível Hulk, Viúva Negra e o Gavião Arqueiro são colocados à prova enquanto salvam o planeta da destruição pelo vilão Ultron.


A MARVEL já andava à muito a preparar o regresso da sua melhor colecção de super heróis, e o desafio era, sem duvida, encontrar um vilão à altura.
Admito que não sou a melhor amiga dos super heróis, e que por vezes os filmes da Marvel parecem são sempre a mesma coisa... Mas não considero um total desperdício perder 2 horas da minha vida a ver um filme destes.
E a verdade, é que Ultron reflecte o medo de uma sociedade inteira, é sem dúvida algo que não conseguimos controlar, e tememos.
Um filme cheio de ação, humor e romance! O regresso dos melhores super heróis!

sábado, 11 de abril de 2015

Insurgent

Na Chicago futurista as fações estão a desmoronar-se. Beatrice Prior tem que arcar com as consequências das suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tem que salvar aqueles que ama – e a própria vida – enquanto lida com questões como a mágoa e o perdão, a identidade e a lealdade, a política e o amor.



O segundo volume da saga literária Divergente criou grandes expectativas para os fãs. Insurgente prometia um filme cheio de ação, já que normalmente os filmes têm na mania de cortar a maioria do livro (que foi uma seca tremenda). 
No entanto, o que senti a ver este filme foi uma tremenda confusão! Por um lado reconhecia claramente algumas cenas do livro, por outro parecia que estava a assistir a algo completamente novo e sem qualquer ligação. 
Fiquei muito desiludida quanto a algumas escolhas no comportamento de certos personagens. Uns que no livro pareciam super amigáveis e dos quais comecei a ter alguma afinidade, no filme foram completamente remodelados fazendo com que o meu odio sobre eles perdurasse.
Os efeitos especiais estavam minimamente bem e bastante interessantes, mas a certa altura achei-os exagerados...
Saí do cinema com algum desapontamento e menos vontade de continuar a assistir à saga, várias pessoas ficaram com o mesmo sentimento por isso talvez tenhamos um novo argumentista para o próximo filme... 

Até à próxima!
Bons filmes!

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Birdman

ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Uma comédia de humor negro que conta a história de um ator, famoso por ter interpretado um super-herói icónico, e que agora planeia montar uma peça de teatro numa tentativa de recuperar os seus tempos de glória. Nos dias que antecedem a noite de abertura, o ator - Riggan Thomson - luta contra o seu ego e tenta recuperar a sua família, a sua carreira, e a si próprio.


Este foi um dos filmes que me chamou menos a atenção, talvez porque para um nomeado a vários Oscars, incluindo o de Melhor Filme, não tem uma história que cole o espectador ao filme. Contudo, é um filme de nível bastante elevado no que toca à fotografia. Nisso, o Oscar foi merecido, mas nunca me vou conformar com o prémio do Melhor Filme, muito mal atribuído, o filme é bom, mas não o melhor.
Curiosamente filmado num plano de sequência (praticamente sem interrupções), este filme tem uma forte mensagem escondida que nem todos conseguirão entender.

Nomeado para:
Melhor Filme
Melhor Ator
Melhor Ator Secundário
Melhor Atriz Secundária
Melhor Realização
Melhor Argumento Original
Melhor Fotografia
Melhor Mistura de Som
Melhor Edição de Som